terça-feira, 10 de abril de 2012

EUA: Homens homossexuais representam 61% dos novos casos de infecção com o HIV

O Centro para o Controle de Doenças (CCD) dos EUA estimou que os homens que têm relações anais com outros homens constituem 61% dos novos casos de infecção com o HIV nos EUA, embora esse grupo sexual seja apenas 2% da população total.

No princípio deste mês o CCD publicou as estimativas para as infecções do vírus HIV durante o período compreendido entre 2006-2009. Esses relatórios mostram que as novas infecções se mantiveram estáveis em torno das 50,000 para cada um dos 4 anos.

Os homens que têm relações anais com outros homens foram responsáveis por 29,300 das 48,100 novas infecções de 2009, e os homossexuais com idades compreendidas entre os 13 e os 29 representam 27% dos novos casos.

O único grupo onde as novas infecções com o HIV estão em crescimento é o grupo composto por jovens homens homossexuais - liderados pelo alarmante aumento de infecções entre os afro-americanos.

O estudo calcula que as novas infecções entre os homossexuais negros tenham aumentado 48% no período compreendido entre 2006-2009 - de 4,400 infecções com o HIV em 2006 para 6,500 infecções em 2009.

O estudo revelou também que cerca de 20% dos os homens que têm relações anais com outros homens têm o vírus HIV, embora cerca de metade daqueles que estão infectados estejam ignorantes da situação.

-Fonte-


O comportamento homossexual, pela sua natureza promiscua, torna os praticantes em autênticas bombas de contaminação de doenças. Dado disto, é por demais ridículo que um país responsável retire esse grupo desproporcionalmente contaminado dos grupos de pessoas não que podem doar sangue.

Mas como sabemos, nos dias que correm o "politicamente correcto" e a "diversidade" tomam preeminência sobre a responsabilidade. Dizer a verdade sobre o papel auto-destrutivo da homossexualidade é "ódio" (embora seja verdade). Deixar que os homens que têm relações anais com outros homens possam dar o seu sangue contaminado ao resto da população (incluindo crianças e mulheres grávidas) já é "tolerância".

Seria curioso vêr um activista homossexual tentar explicar o porquê das prostitutas e dos toxicodependentes não poderem dar sangue, mas os homens que têm relações anais com outros homens poderem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...