terça-feira, 3 de abril de 2012

O Que Diz a Bíblia Sobre o Consumo de Drogas?

Gal. 5:20; Ef. 5:18; Apocalipse 9:21; 18:23; 21:8; 22:15

Os vários meios de comunicação têm esclarecido o perigo do uso das drogas e de suas conseqüências tanto físicas quanto sociais para o usuário e seus familiares.E todos assistimos, chocados, como famílias inteiras têm sido destruídas devido ao consumo e tráfico de drogas. Basta assistir os noticiários na TV ou ouvir no rádio para constatarmos que se trata de uma crise mundial e pode ser considerado um dos flagelos apocalípticos, pois atinge a todas as classes sociais no mundo inteiro; ricos e pobres são igualmente atingidos por essa epidemia social. Quantos lares destruídos!
Quantas vidas jovens ceifadas!Mas o que a Bíblia diz a respeito?
Sobre o uso de drogas tal como a conhecemos não encontramos nada muito explicito, mas nos textos de Apocalipse verificamos que as palavras “feiticeiro” e “feitiçaria” foram traduzidas do grego como “pharmakeia”, de onde se origina a nossa palavra farmácia, cujo significado literal é “manuseio de substâncias químicas,orgânicas e inorgânicas”. O termo “pharmakon” significa “droga”, porque as drogas
desempenhavam papel importante na feitiçaria e vieram a ser associadas à prática das artes ocultas, como em muitos lugares ainda hoje usam“incensos” e “chás”, os quais levam a pessoa ao estado de “transe” ou “êxtase”, isto é “ficar fora dos sentidos”.

Deve-se considerar que para a época em que os textos foram escritos, a feitiçaria realmente estava, em grande parte, associada ao misticismo, face ao desconhecimento da química como ciência, tal como a temos hoje. Assim, uma boa tradução para Apoc. 21:8 seria: “quanto aos covardes, os incrédulos, os depravados,
os assassinos, os que cometem imoralidade sexual, os idólatras, os mentirosos e os “quemanipulam substâncias de forma ilegal (pharmakoi=feiticeiros). Esses, “ficarão de fora” (Apoc.22:15) e em 1ª Coríntios 6:9, o apóstolo Paulo identifica outros que também não herdarão o Reino de Deus, a saber: “... imorais, adúlteros, homossexuais passivos ou ativos, ladrões, avarentos, alcoólatras, caluniadores, trapaceiros”. Em
Romanos 1:26 o apóstolo Paulo acrescenta à categoria, mulheres que praticam o homossexualismo. EmGálatas 5:20, a feitiçaria (pharmakeia), é listada entre as obras da carne e sabemos que muitas vidas jovens têm sido escravizadas pelo vício das drogas. O álcool é droga, assim como o fumo, que criam dependência. São drogas “permitidas pela sociedade e pela legislação”, entretanto, têm causado, no mundo
inteiro, mais mortes e deformações físicas do que as guerras. Provérbios alerta que a bebida fermentada provoca brigas (20:1) e associa a embriaguez à pobreza (23:20,21), à contenda (23:29,30) e à injustiça (31:4,5). O texto de Isaías 28:7 é uma séria advertência às lideranças da igreja e aos cristãos emgeral, que devembuscar encher-se do Espírito e não de bebida alcoólica. “Não se embriaguem com vinho, que leva à libertinagem, mas deixem se encher pelo Espírito” (Ef.5:18). Por que a droga é pecado grave?
Porque ela destrói a coisa mais perfeita e sublime que Deus criou, a família e o corpo humano “que não é para a impureza, mas para o Senhor” (1ª Cor. 6:13/20).

Rev. Enoc Teixeira Wenceslau

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...