terça-feira, 10 de abril de 2012

Rainha da Espanha se diz contra casamento gay

Fonte

Para rainha Sofia, união entre pessoas do mesmo sexo deveria receber outra denominação
Está sendo lançado esta semana na Espanha o livro “La Reina muy de cerca” (A rainha bem próxima), de Pilar Urbano. Na obra, a autora traz depoimentos exclusivos da rainha Sofia, prestes a completar 70 anos, revelando sua opinião acerca de assuntos polêmicos, como religião, aborto, eutanásia e casamento homossexual.

Sobre a união entre pessoas do mesmo sexo, a rainha opina:
“Posso compreender, aceitar e respeitar que haja pessoas com outra tendência sexual, mas que essas pessoas se sentem orgulhosas por serem gays? Que subam em trios e saiam em manifestações? Se todos os gays saíssem em manifestações... o trânsito entraria em colapso.

Se essas pessoas querem viver juntas, vestirem-se de noivos e casarem-se, podem estar em seu direito, ou não, segundo as leis de seu país: mas que não chamem isso de casamento, porque não é. Há muitos nomes possíveis: contrato social, contrato de união”.

Na Espanha, desde 2005, o casamento homossexual é permitido em todo o país. Espanha, Bélgica e Holanda são os três únicos países europeus a darem direitos plenos a casais do mesmo sexo.

Fonte: Dykerama UOL

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...