terça-feira, 3 de abril de 2012

Agnaldo Timóteo fala sobre investigação de pedofilia ao jornal “Hoje em Dia”

Cantor afirma: “Imagina, um homem ser acusado de pedofilia por ter transado com um rapaz de 16 anos”

Nesta última segunda-feira (26/03), o Super Canal confirmou nas exibições dos telejornais a abertura de inquérito para investigar a suposta participação do cantor caratinguense Agnaldo Timóteo em um esquema de aliciamento e exploração sexual de adolescentes. Agnaldo esteve envolvido no processo de investigação da Polícia Civil como testemunha e agora será investigado. O caso segue nas mãos da promotora de justiça de Caratinga, Flávia Alcântara.

Em janeiro deste ano ele foi o cantor e veio a Caratinga prestar depoimento à delegada nayara Travassos. O cantor é amigo de um dos investigados, o treinador Cláudio Rogério Alves, de 49 anos, conhecido pelo apelido de ‘Maguila’, que após a conclusão do inquérito foi indiciado pelo crime de falsificação de documentos públicos, formação de quadrilha e favorecimento da prostituição ou outra forma de exploração sexual de vulnerável.

Nesta semana, em uma publicação do Jornal Hoje em Dia Agnaldo Timóteo falou sobre o assunto e em entrevista avaliou sua trajetória, fama e carreira e chegou a declarar que “Minas Gerais nunca me deu a menor bola”.

A polêmica é uma constante na vida do cantor que há 75 anos nasceu em Ctga e hoje vive em São Paulo, onde se elegeu vereador pelo Partido da República (PR). São 47 anos de carreira e 50 discos. Uma trajetória de sucesso, uma vida de superação

Em suas declarações enquanto passava por um tratamento especial no cabelo e na pele, no salão do Jassa em São Paulo, o cantor Agnaldo Timóteo desabafa: “Minas Gerais nunca me deu a menor bola, mesmo sendo muito mais vitorioso na carreira que Milton Nascimento”. Quando indagado a respeito de seu nome envolvido na denúncia e investigação sobre um esquema de pedofilia em Caratinga e região, Agnaldo responde:


O retorno a Minas não poderia ser menos polêmico, acontecendo justamente num momento em que está sendo investigado em Caratinga por envolvimento num esquema de abuso sexual de menores.

Meu amigo Maguila (Cláudio Rogério Alves, professor de futebol, que, durante depoimento, mencionou Timóteo como participante) é um sonhador que fica esperando encontrar um novo Neymar. Não é fácil, aí a mãe de um menino que não era bom de bola ficou insatisfeita, e o acusou de pedófilo.

Imagina, um homem ser acusado de pedofilia por ter transado com um rapaz de 16 anos. Nessa idade, eles já sabem as suas preferências, se querem ser machos ou fêmeas. Com 16 anos, as meninas já rodam bolsinha na rua. Isso tudo é uma grande frescura.

Indagado sobre qual será sua ação agora que a Justiça de Caratinga acatou pedido da promotora para investigar a sua participação, ele respondeu:

Fui lá na delegacia para prestar depoimento e disse que Maguila sempre ia à minha casa em São Paulo, levando toda a sua patota. Adoro o Maguila e já o ajudei “n” vezes, colocando dinheiro na conta dele.

Eu não me arrisco. Sempre respeitei a juventude, mas, lamentavelmente, hoje ela não é mais a mesma de ontem, quando aprendia uma profissão que permitiria viver com dignidade.

Estas foram as primeiras declarações do cantor a respeito do assunto. De acordo com a promotora Flávia a investigação já está em andamento, sem prazo para terminar.

http://www.tvsupercanal.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...