quarta-feira, 4 de abril de 2012

UM CASO DE AMOR? - 1Samuel 17-19


Hoje, a nossa leitura bíblica tem um relato gostoso de ler. São histórias muito bonitas, porém, no capítulo 18, temos algumas palavras que são mal interpretadas por algumas pessoas que querer torcer o que a Bíblia diz para defender suas próprias idéias. Por isso, quero esclarecer esse ponto no comentário a seguir.
Estou falando sobre Davi e Jônatas. Veja como inicia o capítulo 18: “A alma de Jônatas se ligou com a de Davi; e Jônatas o amou, como a própria alma”. Existem pessoas que dizem que esse verso é um argumento para justificar o comportamento homossexual pela Bíblia, acredita? Entretanto, a posição bíblica sobre esse assunto não tem nada a ver com a história mencionada.
Pense: se só porque um amigo amava Davi, então pode-se dizer que ele era homossexual? O que dizer de 1Samuel 18:16, onde declara que “todo o Israel e todo o Judá amavam Davi”? Significa que todas as pessoas naquela sociedade eram homossexuais? Isso seria uma incoerência até do ponto de vista da sociologia e da história.
Davi e Jônatas tinham características cristãs e masculinas muito parecidas. Por exemplo, ter a simpatia do povo, a confiança, uma fé simples e grande no poder e atuação de Deus, acima dos limites humanos. Isso os tornava comuns e nada mais.
Se você observar na história, verá que a tendência pecaminosa de Davi apresentada pela Bíblia não era homossexual. A poligamia e o adultério com a mulher de Urias mostram que a dificuldade do famoso salmista era bem heterossexual. E mesmo que Davi tivesse tido um caso homossexual, isto não justificaria o homossexualismo como um comportamento aprovado por Deus porque:
1. Na Palavra de Deus estão contados tanto os acertos quanto os erros das personagens. Se tudo o que elas fizeram fosse para ser seguido, então, como o próprio Davi, deveríamos transgredir todos os outros mandamentos.
2. Embora houvesse esse caso, saberíamos que tal comportamento, apesar de registrado pela Bíblia, não seria aprovado por ela, porque em nenhum lugar do texto bíblico há apoio para o comportamento homossexual (ver Romanos 1:26-27; Levítico 18:22; 1Coríntios 6:9; 1Timóteo 1).
Sabe, todos os traços louváveis do caráter de Davi e Jônatas foram aglutinados por um verdadeiro afeto, e Jônatas compreendeu que a felicidade consiste em amar antes de ser amado.
Se há pessoas que admiram que o amor de Davi por Jônatas foi mais forte que amor de mulher, o que dizer então do amor de Deus por nós, que é mais forte até que o amor de mãe, como diz Isaías 49? Busquemos da Fonte do amor e amemos uns aos outros com amor incondicional.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...